DIO Community
DIO Community04/08/2023 10:07
Compartilhe

C++ , o que é e por que você precisa aprender essa linguagem

    C++ é uma linguagem de programação de alto nível e de propósito geral. Ela foi desenvolvida como uma extensão da linguagem C, incorporando recursos adicionais, como suporte à programação orientada a objetos. Vamos te mostrar porque você precisa dominá-la para uma carreira de sucesso no universo tecnológico.

    image

    Fonte: AdobeStock 

    -------------- 

    Comece sua carreira desenvolvimento com C++: Formações e cursos DIO 

    -------------- 

    O que é C++ e para que serve?  

    C++ é uma das linguagens de programação mais populares e amplamente usadas em diversos domínios, como desenvolvimento de software, jogos, sistemas embarcados, inteligência artificial, entre outros. Ela é conhecida por sua eficiência e desempenho, bem como por fornecer um alto nível de controle sobre o hardware do sistema. 

     A linguagem C++ permite aos desenvolvedores escrever programas complexos, lidar com alocação de memória, gerenciar recursos de forma explícita e criar programas de alto desempenho. Ela oferece recursos avançados, como herança, polimorfismo, sobrecarga de operadores e manipulação direta de memória. 

    Além disso, o C++ possui uma ampla biblioteca padrão que fornece suporte para operações comuns, como entrada e saída de dados, manipulação de strings, contêineres de dados, algoritmos e muito mais. Essa biblioteca padrão é uma das razões pelas quais o C++ é uma escolha popular para o desenvolvimento de aplicativos de alto desempenho. 

    Em resumo, o C++ é uma linguagem de programação poderosa e versátil, usada para criar uma ampla variedade de aplicativos e sistemas, desde programas de desktop e jogos até sistemas críticos em tempo real e soluções de software de alto desempenho. 

     Por que aprender C++?  

     

    Existem várias razões pelas quais aprender C++ pode ser benéfico: 

      

    Versatilidade 

    C++ é uma linguagem de propósito geral, o que significa que pode ser usada para desenvolver uma ampla variedade de aplicativos. Seja você interessado em desenvolvimento de software, jogos, sistemas embarcados ou inteligência artificial, o conhecimento de C++ pode ser aplicado em muitos domínios. 

      

    Desempenho 

    C++ é conhecido por seu desempenho eficiente e controle de recursos. A linguagem permite aos desenvolvedores escrever código otimizado e lidar diretamente com a alocação de memória e recursos do sistema. Isso é especialmente importante em aplicativos que exigem alta velocidade ou têm restrições de recursos. 

      

    Acesso ao código legado 

    Muitos sistemas e bibliotecas populares são escritos em C++ ou têm interfaces compatíveis com C++. Ao aprender C++, você terá a capacidade de entender e trabalhar com esses códigos legados, estendendo e mantendo sistemas existentes. 

      

    Compreensão de conceitos fundamentais 

    C++ é uma linguagem de programação de nível médio a alto, o que significa que ela permite um nível mais profundo de controle sobre o hardware do sistema. Ao aprender C++, você também aprenderá conceitos fundamentais de programação, como gerenciamento de memória, ponteiros e manipulação direta de dados, que podem ser aplicados em outras linguagens. 

      

    Compatibilidade com C 

    C++ foi desenvolvido como uma extensão da linguagem C. Isso significa que o código C é válido em C++, e a maioria das bibliotecas C pode ser usada em programas C++. Aprender C++ permite que você aproveite o vasto ecossistema de bibliotecas e recursos disponíveis em C e C++. 

      

    Desenvolvimento de jogos 

    C++ é amplamente utilizado na indústria de desenvolvimento de jogos devido ao seu desempenho e controle de hardware. Muitas engines de jogos populares, como a Unreal Engine e a Unity, oferecem suporte a C++. Aprender C++ é fundamental para criar jogos e trabalhar nesse campo. 

      

    Em geral, aprender C++ pode abrir muitas oportunidades profissionais e fornecer uma base sólida para o desenvolvimento de software em diversos domínios. No entanto, vale ressaltar que o aprendizado de qualquer linguagem de programação requer prática e dedicação, e a escolha da linguagem certa dependerá dos seus interesses, objetivos e do contexto específico em que você deseja aplicar seus conhecimentos de programação. 

    image

    Fonte: AdobeStock 

     

    Qual a diferença entre C e C++? 

     

    Embora C e C++ sejam linguagens de programação relacionadas, existem diferenças significativas entre elas. Aqui estão algumas das principais diferenças: 

      

    • Paradigma de programação: C é uma linguagem de programação procedural, enquanto C++ suporta tanto a programação procedural quanto a programação orientada a objetos. C permite a criação de funções e estruturas de dados, enquanto C++ adiciona recursos como classes, objetos, herança, polimorfismo e encapsulamento. 

     

    • Manipulação de memória: Em C, o gerenciamento de memória é feito manualmente usando funções como `malloc( )` e `free( )`. Em contraste, C++ oferece recursos de gerenciamento de memória automático por meio do conceito de construtores e destrutores, bem como do uso de "new" e "delete" para alocação e desalocação de memória. 

     

    • Sobrecarga de operadores: C++ permite a sobrecarga de operadores, o que significa que os operadores existentes podem ser redefinidos para uso com objetos de classe. Isso oferece mais flexibilidade e expressividade ao escrever código C++. 

     

    • Manipulação de strings: C++ oferece uma classe string embutida que facilita a manipulação de strings. Em C, as strings são tratadas como arrays de caracteres e requerem manipulação manual. 

     

    • Bibliotecas padrão: C++ possui uma biblioteca padrão mais extensa do que C. A biblioteca padrão do C++ inclui recursos para manipulação de strings, contêineres de dados, algoritmos, entrada/saída, manipulação de arquivos e muito mais. Embora C também tenha uma biblioteca padrão, ela é mais limitada em termos de recursos disponíveis. 

     

    • Compatibilidade: O código escrito em C é geralmente compatível com C++. No entanto, o oposto nem sempre é verdadeiro. Devido aos recursos adicionais e à sintaxe diferenciada de C++, nem todo código C++ pode ser compilado como código C sem modificações. 

     

    • Orientação a objetos: C++ é amplamente conhecido por suportar programação orientada a objetos. Essa abordagem permite a criação de classes, objetos, herança, polimorfismo e encapsulamento. Em C, por outro lado, a programação orientada a objetos não é suportada nativamente. 

      

    Em resumo, enquanto C é uma linguagem procedural com recursos limitados, C++ é uma linguagem que estende o C, adicionando recursos de programação orientada a objetos, manipulação de memória mais segura e uma biblioteca padrão mais abrangente. A escolha entre C e C++ depende das necessidades do projeto e das preferências pessoais do desenvolvedor.

    image

    Fonte: Freepik 

    Preciso aprender C antes de C++? 

     

    Não é necessário aprender C antes de aprender C++. Embora C++ seja uma extensão da linguagem C, você pode começar a aprender C++ diretamente, especialmente se estiver interessado em programação orientada a objetos e recursos avançados fornecidos por C++. 

      

    No entanto, existem algumas vantagens em aprender C antes de mergulhar no C++. Aprender C primeiro pode fornecer uma base sólida nos conceitos básicos de programação, como estruturas de controle, tipos de dados, manipulação de arrays e ponteiros, bem como uma compreensão mais profunda do gerenciamento de memória. 

      

    A familiaridade com a linguagem C também pode ser útil ao trabalhar com código legado ou em projetos que exigem interação com bibliotecas escritas em C. 

      

    No entanto, se o seu objetivo principal é aprender C++ e você não tem um motivo específico para aprender C, é perfeitamente viável começar diretamente com C++. Há muitos recursos e tutoriais disponíveis para aprender C++ desde o início, e você pode adquirir conhecimentos de programação orientada a objetos e recursos adicionais à medida que progride. 

      

    Em última análise, a decisão de aprender C antes de C++ depende do seu interesse, objetivos e contexto específico em que deseja aplicar seus conhecimentos de programação. 

     

    Quanto ganha um desenvolvedor C++?  

     

    Os salários dos desenvolvedores C++ podem variar significativamente, dependendo de vários fatores, como nível de experiência, localização geográfica, tamanho da empresa, setor de atuação e demanda do mercado, por isso, vamos fornecer uma visão geral dos salários com base em dados disponíveis, mas é importante notar que esses números são aproximados e podem variar consideravelmente. 

      

    Em países como Estados Unidos, Canadá e países da União Europeia, o salário médio de um desenvolvedor C++ júnior pode variar de aproximadamente US$ 60.000 a US$ 90.000 por ano. Um desenvolvedor C++ de nível intermediário pode ganhar entre US$ 80.000 e US$ 120.000 por ano, enquanto um desenvolvedor sênior com experiência relevante pode chegar a salários anuais de US$ 100.000 a US$ 150.000 ou mais. 

      

    Em países com custo de vida mais baixo, como Índia, Brasil e outros países em desenvolvimento, os salários dos desenvolvedores C++ tendem a ser mais baixos. Os salários podem variar de acordo com a região específica, mas como referência, os desenvolvedores C++ júnior podem ganhar em média entre US$ 10.000 e US$ 20.000 por ano, enquanto os desenvolvedores sênior podem ganhar entre US$ 20.000 e US$ 40.000 ou mais. 

      

    Lembre-se de que esses números são apenas estimativas e podem variar com base em muitos fatores. Além disso, o crescimento na carreira e o potencial salarial também podem ser impulsionados por habilidades adicionais, conhecimento em outras áreas relacionadas, certificações, experiência em projetos relevantes e capacidade de se destacar no campo de desenvolvimento de software. 

     

    Onde é usada a linguagem C++? 

     

    A linguagem C++ é amplamente utilizada em uma variedade de domínios e setores. Aqui estão algumas áreas em que a linguagem C++ é comumente empregada: 

      

    Desenvolvimento de software 

    C++ é usado para desenvolver aplicativos de software em geral, incluindo sistemas operacionais, compiladores, editores de texto, ferramentas de desenvolvimento, bancos de dados e muito mais. 

      

    Jogos e gráficos 

    C++ é uma escolha popular para o desenvolvimento de jogos, devido à sua eficiência e controle de hardware. Muitas engines de jogos, como a Unreal Engine e a Unity, são escritas em C++ e fornecem suporte a essa linguagem. 

      

    Sistemas embarcados 

    C++ é amplamente utilizado no desenvolvimento de sistemas embarcados, como dispositivos médicos, automóveis, equipamentos industriais e eletrônicos. Sua eficiência e controle de hardware são especialmente valiosos em sistemas com recursos limitados. 

      

    Finanças e negociação de alta frequência 

    A velocidade e eficiência do C++ são vantajosas para aplicativos financeiros e negociação de alta frequência, onde o processamento rápido de grandes volumes de dados é essencial. 

      

    Inteligência artificial e aprendizado de máquina 

    C++ é usado em várias bibliotecas e frameworks de aprendizado de máquina e inteligência artificial, como o TensorFlow e o OpenCV, que oferecem desempenho otimizado para algoritmos complexos. 

      

    Aplicações científicas e simulações 

    C++ é frequentemente usado em aplicações científicas e simulações que requerem cálculos intensivos, como física, química, modelagem climática e simulações de sistemas complexos. 

      

    Telecomunicações e redes 

    C++ é utilizado em projetos de telecomunicações e redes, onde é necessário processar e gerenciar eficientemente grandes volumes de dados em tempo real. 

      

    Esses são apenas alguns exemplos dos muitos campos em que a linguagem C++ é aplicada. Sua combinação de desempenho, controle de hardware e recursos de programação orientada a objetos a torna uma escolha popular para muitos desenvolvedores e projetos.

    image

    Fonte: AdobeStock

    Um pouco de história  

    A história do C++ remonta à década de 1970, quando Bjarne Stroustrup, um cientista da computação dinamarquês, desenvolveu uma extensão da linguagem C chamada "C with Classes". O objetivo de Stroustrup era adicionar recursos de programação orientada a objetos à linguagem C para lidar com a complexidade do desenvolvimento de software. 

    Em 1983, o "C with Classes" evoluiu para o que conhecemos hoje como C++. Nesse ano, Stroustrup lançou o primeiro compilador C++ para uso interno em sua universidade, a Bell Labs. Ele continuou aprimorando e expandindo a linguagem, lançando a segunda edição do livro "The C++ Programming Language" em 1991, que se tornou uma referência para o aprendizado e uso do C++. 

    C++ ganhou popularidade rapidamente. A partir da década de 1990, o C++ se tornou uma das linguagens de programação mais utilizadas, especialmente em áreas como desenvolvimento de sistemas, jogos, aplicações científicas e simulações. 

     A padronização do C++ foi um marco importante em sua história. A primeira versão do padrão ISO para C++ foi lançada em 1998 (ISO/IEC 14882:1998), seguida por revisões e atualizações subsequentes, como C++11, C++14, C++17 e C++20. Esses padrões adicionaram novos recursos e aprimoraram a linguagem, tornando-a mais poderosa e expressiva. 

    Ao longo dos anos, o C++ continuou a evoluir para atender às demandas dos desenvolvedores. As versões mais recentes da linguagem trazem melhorias significativas, como suporte a programação paralela, gerenciamento de memória mais seguro, recursos de programação genérica e melhorias na sintaxe e na biblioteca padrão. 

     Hoje, o C++ permanece uma linguagem amplamente utilizada em muitas áreas da indústria de software, e continua a ser um dos pilares do desenvolvimento de sistemas complexos, aplicativos de alto desempenho e jogos. 

     Como começar a estudar C++?  

    Para aprender C++, é necessário ter um bom entendimento dos conceitos básicos de programação, como lógica de programação, estruturas de controle e tipos de dados. Familiaridade com a linguagem C é útil, mas não obrigatória. Recursos recomendados incluem livros, tutoriais online e a prática por meio de projetos. 

    Embora seja possível aprender por conta própria, cursos e formações completas como as oferecidas pela DIO, oferecem uma vantagem significativa. Eles proporcionam uma estrutura organizada de aprendizado, cobrindo desde os fundamentos até tópicos avançados. Além disso, os cursos geralmente oferecem exemplos práticos, exercícios e projetos para aplicar o conhecimento adquirido. A interação com instrutores e outros alunos também é valiosa para esclarecer dúvidas e obter feedback.

    No geral, cursos e formações completas fornecem uma abordagem abrangente e estruturada para aprender C++, permitindo um progresso mais rápido e uma compreensão mais profunda da linguagem.  

     

    Compartilhe
    Comentários (1)
    André Bezerra
    André Bezerra - 04/08/2023 10:55

    DIO COMMUNITY,

    Poderia citar os profissionais que elaboraram os artigos ? Deem personalidade e humanidade as produções.

    Fiquei na expectativa de referências distribuidas em pontos do texto ou citadas no final.

    Cuidado com a produção VAZIA / VAGA, não é uma boa cultura... Principalmente em áreas que não detém domínio.

    Sim! Essa é a linguagem que "visto a camisa", portanto: Tentem produzir em conjunto com profissionais da área.