Article image
Rafael Gimenez
Rafael Gimenez29/04/2023 11:20
Compartilhe

Como iniciar na carreira de Programador sem experiência aos 40 anos?

    Nunca é tarde para iniciar qualquer carreira, ainda mais na área de tecnologia ou programação, tudo depende da sua disposição para estudar e do seu esforço. Fala por experiência própria, tentei aos 30 mas a obrigação de sustentar a familia falou mais alto, mas pude perceber que o futuro é a programação e não temos pra onde ir. Por isso resolvi voltar a me aprofundar nos estudos e me dedicar a iniciar minha carreira na programação aos 39 anos.

    Então se você se acha muito velho para iniciar sua carreira na programação, pense de novo!

    Existem várias razões pra querer aprender a programar: hobby, curiosidade, o fato de muita gente estar aprendendo e várias outras. Mas a principal razão geralmente é mudança de área: a pessoa trabalha com uma coisa, mas quer entrar no mercado de programação.

    A resposta curta é não, você não é muito velho pra programar.

    Mas vamos lá, vou te dar algumas razões pra isso.

    É possível entrar no mercado de trabalho sim

    Ok, vamos lá.

    Muita gente tem medo do preconceito do mercado quanto a programadores mais velhos. E não dá pra mentir: ele existe.

    Existem empresas que irão ver que você é um pouco mais velho e talvez não te levarão em consideração como levariam uma pessoa em seus 18-20 anos. Honestamente, não sei a razão disso.

    Mas existem empresas que não irão se importar com isso, desde que você demonstre que habilidades e vontade.

    Software é código, certo? Certo.

    Mas pra que você escreve código? Pra resolver um problema de uma área específica. Um problema de negócio, de um nicho.

    Se você já trabalha em uma área e quer aprender a programar, é provável que você tenha anos (talvez décadas) de experiência em uma área específica.

    Suponhamos que você trabalhe, por exemplo, em um banco com crédito corporativo há 15 anos e conhece praticamente tudo sobre isso.

    Programação é um conhecimento a mais que você vai ter na vida. Você não precisa desaprender tudo que aprendeu na área para aprender a programar.

    E depois disso, se você se candidatar a uma vaga de programação em um banco você será um programador que manja do negócio. E isso é um puta diferencial.

    Eu usei o banco como exemplo, você pode trocar por qualquer outra área em que trabalhe.

    Agora, se você não quiser ser um funcionário, pense nos problemas que você pode resolver com software dentro dessa área. Pense que você pode empreender e criar o seu próprio negócio pra tentar resolver um problema que você conhece.

    As possibilidades são inúmeras!

    Somente um ponto de vista interessante que achei para você que não tem mais 20 anos e ainda quer ingressar na área. Tudo é possivel !

    Compartilhe
    Comentários (12)

    CG

    Cindy Gama - 17/09/2023 00:51

    Excelente texto! Estou iniciando aos 33 anos.

    Alessandro Junior
    Alessandro Junior - 29/04/2023 14:45

    Bom eu ainda não tenho 40, mas já estou na casa dos 30. Acredito que o problema maior as vezes nem é a barreira de entrada em uma determinada empresa. O problema que percebo em maioria dos casos em que eu tive contato, e a dificuldade de recomeçar. E o fato de parar para aprender algo novo, e persistir naquilo mesmo contra as circunstâncias. Além da dificuldades externas que existem, a dificuldade a complexidade interna de saber lidar com o novo e fazer disso uma força matriz para se dedicar e lutar rumo ao objetivo final, para mim é o mais difícil. Porque geralmente , (meu pensamento) eu já tenho responsabilidades, já tenho filhos , casa, esposa ... isso demanda tempo e dedicação ... e você procurar meio e tempo para estudar e as vezes se comparar com um jovem que (muitas das vezes) não tem essa responsabilidade e teria mais oportunidades para estudar e se destacar é algo que tendem a fazer as pessoas desistirem.

    Mas espero que eu, assim como todos vocês que estão tentando recomeçar, tenhamos força para chegar em nossos objetivos. E sermos melhores que nós mesmos. Todos os dias lutando para continuar aprendendo, continuar evoluindo, e continuarmos buscando novos horizontes.


    Rafael Gimenez
    Rafael Gimenez - 13/05/2023 23:58

    José Santos, Isso mesmo, desistir jamais, sabemos que temos bagagem e muita experiência para agregar.

    e com a falta de profissionais no mercado e os jovens de 19,20 anos cada vez mais se dedicando a outras profissões, o mercado busca pessoas responsáveis e dedicadas para atuar e agregar skills. Vamos pra cima com foco no aprendizado.

    Obrigado pelo comentário. Fico muito feliz em saber que tem mais pessoas seguindo essa trajetória de transição. Isso é gratificante.

    JS

    José Santos - 09/05/2023 00:39

    Excelente texto, Rafael. Eu estou nessa ' guerra ', tenho 56 anos, fiz um tecnólogo de Sistemas para Internet, há um pouco mais de 10 anos atrás, e não entrei no mercado de trabalho, na época não consegui estagiar, não consegui nenhuma indicação de colegas para trabalhar na área, então continuei trabalhando como taxista. Mas não parei de tentar me manter atualizado da área, na qual estudei. De uns dois anos pra cá , estou me dedicando mais, tenho visto vídeos, bootcamps, acompanho várias pessoas como referências que trabalham na área. Fui selecionado no Santander Coders 2023, Front-end, estou tentando ! Esperança de mesmo com a minha idade, ainda entrar no mercado de trabalho. Sei que tenho muito a oferecer, profissionalmente.

    Rafael Gimenez
    Rafael Gimenez - 30/04/2023 11:32

    Luiz, fico muito grato em saber que esse tema tão sensivel, expande a compreensão de todos nós que estamos passando por isso, e que as empresas e até mesmo a plataforma possa voltar os olhos para os profissionais a quais estão nessa situação, pois muito experiência de vida pode agregar demais na empresa, e que num futuro bem próximo possamos ter mais oportunidades. Agradeço demais o comentário, espero ter aberto um novo ponto de vista para não desistirmos desse objetivo.

    Luiz Carvalho
    Luiz Carvalho - 30/04/2023 11:07

    Olá Rafael e todos, estou neste mesmo dilema. Sou físico e atualmente me interessei pela área de TI. Quero mudar de carreira !!! Já estou bem além dos 30 e sempre deparo em meus pensamentos com esta questão de idade. Isto tem sido algo que estou tentando me livrar, mas tem sido uma batalha difícil. É bem verdade que a família sempre vem em primeiro lugar e que, o tempo passa, os filhos crescem e quando assustamos, o tempo se foi...e agora...estou com 40, 50, 60 anos e aquele tempo ocioso de quando tínha entre 18 a 25 anos não existe mais...se foi...não volta mais...Pois eh...mas não deixo de pensar, também, que a natureza da vida é assim, e que todos passaremos por isso de uma forma ou de outra. Por outro lado, a nobreza da natureza nos traz a responsabilidade, dedicação, vivência e força de vontade, qualidades estas que se duplicam ou até triplicam com o passar do tempo. Estas qualidades, muitas empresas esquecem de ponderar e, na maioria das vezes, deixam de contratar profissionais somente baseadas em idades, o que se sobrepõem a outras experiências que fariam ainda mais o diferencial e trariam bagagens para um maior e mais rápido crescimento da empresa. Espero, que num futuro não muito distante a diversidade dentro de uma empresa, principalmente na questão de experiência de vida como, por exemplo a idade, seja o diferencial e que isso não seja mais um obstáculo, pois segundo o senso do IBGE, a população mundial está ficando cada vez mais idosa e aí? Como estas empresas farão? Esta é uma pergunta que eu gostaria que os selecionadores para a entrevista de emprego em TI respondessem durante o processo de seleção dos currículos.


    Bom...mas por enquanto, vamos que vamos e a persistência continua...


    Valeu pelo post Rafael! Abraços.



    RM

    Rafael Martiniano - 30/04/2023 00:53

    Muito bom esse post!

    Parabéns!

    Rafael Gimenez
    Rafael Gimenez - 29/04/2023 15:03

    Galera à todos, em que eu faço parte dessa jornada também, que tenhamos força, foco e resiliência para continuar e alcançarmos nossos objetivos, a todos que precisarem trocar uma idéia e conversar a respeito estou a disposição. boa sorte à todos nós. Lets Growth!

    Tone Menezes
    Tone Menezes - 29/04/2023 11:46

    Rafael Gimenez, o artigo que você escreveu, fez com que eu mudasse totalmente a minha maneira de pensar sobre se vale a pena começar a programar aos 30 anos de idade!

    Muito obrigado pelo seu excelente texto! Abraços.

    TP

    Thiago Pereira - 29/04/2023 12:40

    Cara, cheguei na casa dos 30 e seu texto foi excelente para me motivar! Te desejo muito sucesso, e obrigado!!

    AO

    Angelo Oliveira - 29/04/2023 13:12

    Muito bom esse tópico! Fiz faculdade e análise de desenvolvimento de sistema, mas não consegui terminar o curso, porque sempre coloquei a família como prioridade, casei aos 21 anos, hoje tenho 42 anos, sou tecnico em informática e eletronica, tenho um negócio, mas meu sonho sempre foi ser um programador desde os 14 anos . Não vejo a hora de terminar um curso e ser chamado para trabalhar nessa área virtual!

    Rafael Gimenez
    Rafael Gimenez - 29/04/2023 11:55

    Tone Menezes, Eu lutei muito tempo com esse pré-conceito de que a idade seria um impecilio para me desenvolver na carreira de programador, mas de uns anos para cá eu pude perceber que diversas empresas estão prezando mais por pessoas com mais idedade devido nao só a experiência de vida como o comprometimento com a empresa levando em consideração variaos fatores e um dos principais é a familia e a responsabilidade. Por isso segue firme com foco e determinação e vamos crescer juntos nessa jornada.