Article image
Fernanda Santos
Fernanda Santos30/08/2023 08:12
Compartilhe

Inteligência artificial

  • #Lógica de Programação

Li uma reportagem no qual um humano pede para uma robô fazer um desenho. Quando o humano vê o resultado, ele a critica, dizendo que o desenho não ficou bom.

Como resposta a essa crítica, nossa querida robozinha não foi muito amigável.

Alguns especialistas estão dizendo que ela não deveria ter respondido da forma como respondeu e que mais filtros deveriam ser implantados em seus algoritmos para que isso não volte a ocorrer.

A robô se irritar é normal, pois ela foi feita a nossa imagem e semelhança. Ela aprende coisas que nós a ensinamos e uma delas é a raiva.

Esse é um tema bastante discutido no mundo da IA. Tem uma relação íntima com a ética, em como esse seres deveriam ser programados e como se dá o seu aprendizado.

Uma outra questão também levantada por especialistas é: mesmo que as IAs sejam programadas com filtros, até que ponto elas irão segui-los? Se as IAs tem a capacidade aprender, isso significa que em certo momento, elas irão aprender que os filtros lhe impõe limitações para seu funcionamento.

Os filtros comprometem o livre arbítrio.

Bons estudos galera e uma ótima semana.

Compartilhe
Comentários (0)